Gestão da prefeita Renata investe no empreendedorismo para a geração de emprego e renda em Belém

A gestão da prefeita Renata vem investindo em parcerias com diversos órgãos, como o Governo da Paraíba através do Empreender-PB, o Sebrae e o Banco do Nordeste, para ampliar o empreendedorismo no município de Belém e gerar emprego e renda para a população.

O Programa Empreender-PB, por exemplo, liberou mais de 80 mil reais em créditos, apenas neste semestre, para pequenos empreendedores locais investirem em seus negócios. Os contemplados participaram da assinatura dos contratos junto com o governador João Azevedo e a prefeita Renata durante audiência do Orçamento Democrático Estadual (ODE), ocorrida este mês em Guarabira.

Na semana passada, mais de 30 microempreendedores de Belém participaram de uma palestra ministrada pelo Sebrae com o tema “Vantagens e obrigações para o Empreendedor Individual (MEI)”. Articulada pela gestão municipal, a palestra gratuita fez parte da programação da Semana do MEI e teve como objetivo incentivar a formalização das atividades, além de ajudar os empreendedores a melhorarem seus negócios, com orientação sobre gestão, inovação, finanças e benefícios do MEI.

Também com o apoio da Prefeitura, foi realizada nesta quarta-feira (29) uma reunião de representantes do Banco do Nordeste com agricultores e feirantes de Belém, a fim de tratar sobre linhas de crédito como o Agroamigo, Pronaf, PMPR (Pequeno e Médio Produtor Rural) e MPE (Micro e Pequenos Empreendedores) para estes segmentos.

Em mais uma ação de apoio aos empreendedores locais, a gestão municipal em parceria com o Governo da Paraíba e o Sebrae, trará o Circuito Empreender com estrutura de stands para os empreendedores do setor de gastronomia e artesanato venderem seus produtos no período da tarde, na movimentada praça central da cidade, durante os três dias de festa de São Pedro, que acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de julho.

“De acordo com o censo da feira livre que fizemos esse ano, 250 comerciantes atuam na feira livre de Belém. Temos mais de 200 comércios formais no município, ou seja, com CNPJ. Portanto, Belém é uma cidade empreendedora, e por isso temos uma atenção especial com esse público, porque é geração de renda, é geração de emprego, é dinheiro que circula no comércio local”, destacou a prefeita Renata.

Em 2018, a gestão também criou a Sala do Empreendedor, um espaço de apoio aos empreendedores do município com orientações sobre crédito, cursos e outras ações voltadas para este segmento. A Sala do Empreendedor está localizada no Espaço do Cidadão, na Rua João Pessoa nº 104, ao lado do Mercado Público.

Confira a galeria de fotos da reunião com representantes do Banco do Nordeste:

COMPARTILHAR