Prefeitura lança enquete para homenagear artistas belenenses

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, lançou uma enquete (clicar no link ao final da matéria) para a escolha do nome da Comenda (condecoração) para homenagear personalidades e artistas da atualidade que contribuem com o desenvolvimento da cultura popular no município de Belém.

Foram selecionados cinco artistas (in memoriam) que se destacaram ao longo da história e contribuíram com a vivacidade da cultura popular belenense e regional (ordem alfabética):

  1. Antônia Paulino da Conceição “ANTÔNIA LÁZARO” – (Artesã ceramista)
  2. Florêncio Xavier da Costa “NEGO ANÍSIO” – (Artista de Pastoril)
  3. Henrique José Gonçalo “HENRIQUE SANTEIRO” – (Artesão)
  4. Luís Camilo dos Santos “LUÍS CAMILO” – (Mestre de Boi de Reis)
  5. Manoel Barbosa do Nascimento “MANOEL BATISTA” – (Poeta, Repentista e Embolador de Coco)

A Comenda (condecoração concedida a pessoas que se destacam em suas áreas de atuação) terá o nome do artista que receber a maioria dos votos na enquete e será instituída através de Lei municipal.

A enquete ficará no ar até o dia 6 de setembro. O resultado será anunciado pela prefeita Renata na abertura da Sexta Cultural especial em comemoração ao aniversário de 62 anos de emancipação de Belém.

 APRESENTAÇÃO DOS INDICADOS

 Antônia Paulino da Conceição – “ANTÔNIA LÁZARO”

*06/07/1933 – 04/05/2019

Artesã ceramista

Antônia Paulino da Conceição, mais conhecida por Antônia Lázaro, foi uma artesã de Belém que deixou sua marca no artesanato local através da arte em cerâmica, com diversos trabalhos feitos com argila, a exemplo de esculturas, panelas, potes e outros utensílios moldados por suas mãos talentosas. Seus trabalhos foram expostos em várias feiras de artesanato da região.

Florêncio Xavier da Costa – “NEGO ANÍSIO”

*21/09/1923 – 02/03/1991

Artista de Pastoril

Florêncio Xavier da Costa, também conhecido como Nego Anísio, foi um artista belenense criador de um grupo de Pastoril, manifestação popular apresentada no período natalino que retrata, por meio da dança, teatro e música, o nascimento do Menino Jesus. Nego Anísio representava a personagem “Seu Pitanga” e se destacou na cultura popular do município de Belém a partir da década de 1960.

 Henrique José Gonçalo – “HENRIQUE SANTEIRO”

*04/09/1934 – 23/06/2001

Artesão

Henrique José Gonçalo, conhecido como Henrique Santeiro, foi um artesão do município de Belém. Tornou-se conhecido por sua habilidade em produzir imagens de santos católicos através da modelagem em barro, gesso ou talhadas em madeira. Uma de suas obras mais famosas representa a imagem do Cristo crucificado, exposta por vários anos no altar da Igreja Sagrada Família. Henrique era deficiente físico e morava no Sítio Angelim.

Luís Camilo dos Santos – “LUÍS CAMILO”

*12/06/1923 – 17/12/1996

Mestre de Boi de Reis

Luís Camilo dos Santos foi um Mestre de Boi de Reis, folguedo da cultura popular que presta homenagem aos Santos Reis unindo a temática dos reisados ao auto do Bumba-Meu-Boi. Luís Camilo foi o principal precursor deste folguedo a partir na década de 1950 no município de Belém. O “Boi de Luís Camilo” era famoso na região e se apresentava em diversas cidades da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Manoel Barbosa do Nascimento – “MANOEL BATISTA”

*28/06/1945 – 10/12/1993

Poeta, Repentista e Embolador de Coco

Manoel Barbosa do Nascimento, conhecido por Manoel Batista, foi um dos mais importantes emboladores de coco da Paraíba, arte genuinamente nordestina de improvisação e criação de versos rimados com o auxílio do pandeiro, sempre em duplas de emboladores. Manoel Batista se apresentava em emissoras de rádio e feiras-livres de Belém e região, além de festas populares e particulares.

COMO VOTAR NA ENQUETE:

  1. Acesse o link abaixo e após a apresentação dos artistas indicados clique em “PRÓXIMA”.
  2. Depois de marcar o artista escolhido, clique em “ENVIAR” para o voto ser confirmado.

CLIQUE AQUI PARA VOTAR NA ENQUETE

COMPARTILHAR